5 de Dezembro. DIA DA JUSTIÇA.



Se tem coisa que  incomoda e faz pensar e repensar é a definição de Justiça.

“Poder das instituições e do processo legal estabelecido e mantido pelos governantes e legisladores.

Parece tão distante do conceito inabalável (do que se entende) da Ética…

Na justiça “sua qualidade irá variar enormemente de estado para estado e de época para época”

Junte-se a isso um bando de fanfarrões. Homens natural e inevitavelmente determinados à autopreservação e autoengrandecimento.

Tem como atingir a Justiça absoluta?

De real no propósito legal, sobra o efeito de limitar consequencias e minimizar prejuízos sociais.

Ou seja: é o salve-se-quem-puder para livrar aos uns e outros – que interessam, de qualquer ímpeto de qualquer pessoa. Que interesse menos. Ou nada.

Justiça seja feita: Que lixo…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s